«Encontros Mágicos» com solidariedade, fotografia e arte

A vereadora da Cultura de Coimbra, Carina Gomes, e o mágico e produtor Luís de Matos

A vereadora da Cultura de Coimbra, Carina Gomes, e o mágico e produtor Luís de Matos

De 17 a 22 de setembro realiza-se o 23º Festival Internacional de Magia de Coimbra – Encontros Mágicos, com a presença de 20 artistas do Brasil, Estados Unidos, Chile, Alemanha, Austrália, México, Espanha, Reino Unido, França e Portugal que realizarão 106 espectáculos que não acontecerão apenas no centro da cidade mas também em cinco juntas e uniões de freguesias, no sentido da crescente descentralização já iniciada em 2015.
Este ano, as Grandes Galas Internacionais de Magia terão lugar no Convento São Francisco, nos dias 21 e 22 de setembro.
A componente solidária é uma das mais indeléveis marcas dos Encontros Mágicos. A Magia Solidária contará com espectáculos a decorrerem no Estabelecimento Prisional de Coimbra, no Hospital Pediátrico, e no Instituto de Oncologia.
A Câmara Municipal de Coimbra e, em especial, o seu pelouro da Cultura, voltaram a confiar à Luís de Matos Produções, Lda. a organização do maior e mais prestigiado evento que, nesta área artístico-cultural, se realiza no continente Europeu.

Magia invade ruas da Figueira da Foz

Os Encontros Mágicos arrancam a 17 de Setembro, mas já nos dias 14 e 15 e tal como no ano anterior, terão um pré-programa a decorrer na Figueira da Foz, desde a rua da República até à praça Luís Albuquerque, passando também pelo largos Maria Jarra e Margarida Barraca.
Os Encontros Mágicos e o 23º Festival Internacional de Magia de Coimbra celebram a arte da magia com James James e Pau Segalés.

Fotografia e aulas de magia

Em edições anteriores, os “Encontros Fotográficos de Coimbra” uniram-se aos Encontros Mágicos fazendo deslocar a Coimbra centenas de fotógrafos atraídos pelo evento. Este ano, essa iniciativa espontânea e independente estará ainda mais entrosada no Festival.
Na sequência da iniciativa «Primeira Aula de Magia», iniciada em 2015, esta repetir-se-á possibilitando a dezenas de jovens um curso de iniciação à arte mágica e, ainda, dando continuidade ao trabalho desenvolvido nos anos anteriores, acontece a «Segunda Aula de Magia» destinada aos que frequentaram as aulas em edições passadas. Este ano, tal como no ano passado, terá lugar uma aula de magia (dia 18) para crianças com necessidades especiais.

Magia na escuridão

Esta edição volta a contar com espectáculo: «Magia na Escuridão», Juan Esteban Varela”. O mago chileno protagoniza uma experiência verdadeiramente inclusiva, sem precedentes, convidando a comunidade invisual a «ver» um espectáculo de magia em que o sentido da visão não intervém. Aos não invisuais serão colocadas vendas para que assistam e vivam esta experiência única em circunstâncias tendencialmente idênticas. Este espectáculo decorrerá de terça a sábado no Convento de S. Francisco.

Arte e magia

Na edição de 2019 verifica-se que uma das companhias convidadas (Vik & Fabrini, do Brasil) integra um artista plástico com uma carreira completamente distinta e reconhecida para além do universo da arte mágica. Fabrini Crisci, nascido em São Paulo, no Brasil, em Dezembro de 1964, é um artista plástico, pintor ilustrador, com um currículo de exposições em todo o mundo que se iniciou em 2006, ao expor as suas obras em Monte Carlo. Essa exposição resultou num selo postal comemorativo no Mónaco, pessoalmente escolhido pelo Príncipe Alberto II.
Fabrini Crisci mostra o universo em que vive através de sua pintura. Imagens e personagens dos palcos, cabarés e vestiários de todo o mundo são sua inspiração. Cada um de seus personagens tem sua própria história. Os seus sonhos, pesadelos e outras fascinações tomam forma. A sua imaginação torce e remodela imagens de cabarés e fantasias.
Luís de Matos, conhecedor da obra do artista plástico brasileiro, escolheu 15 lâminas para a exposição «Universos Mágicos» que apresenta em Coimbra o génio de Fabrini Crisci no âmbito da 23ª Edição do Festival Internacional de Magia de Coimbra e que estará patente no foyer do Convento São Francisco durante toda a duração do certame (17 a 21 de Setembro).

 

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL