Agrupamento Figueira Mar assinalou a Implantação da República

No âmbito das comemorações da Implantação da Primeira República em Portugal, no dia 5 de Outubro de 1910, as escolas Infante D. Pedro e Bernardino Machado (Agrupamento de Escolas Figueira Mar), desenvolveram diversas iniciativas junto dos seus alunos.
Assim, em ambas as escolas, ao longo do dia 4 de outubro, foi projectado um documentário da série “Conta-me História”, da RTP 1, alusivo a esta temática.
Os discentes foram previamente sensibilizados, em sala de aula, para a importância deste tema, tendo os professores referido alguns dos aspectos mais pertinentes, nomeadamente em relação às causas do descontentamento perante a Monarquia [subjugação do país aos interesses coloniais britânicos, os gastos excessivos da família real, o poder da igreja, a instabilidade política e social, o sistema de alternância de dois partidos no poder (o Partido Progressista e o Partido Regenerador), a ditadura de João Franco]; o papel do Partido Republicano Português na organização da revolução iniciada no dia 2 de outubro e que triunfou na madrugada do dia 5 de outubro de 1910, que terminou com o regime monárquico e implantou um regime republicano em Portugal; momentos importantes do movimento revolucionário, como a relutância do exército em combater os cerca de dois mil soldados e marinheiros revoltosos entre os dias 3 e 4 de outubro de 1910; a proclamação da República, às 9 horas da manhã do dia 5 de Outubro, da varanda dos Paços do Concelho de Lisboa.
Após a revolução, foi formado um governo provisório, sob a chefia de Teófilo Braga, que assumiu os destinos do país até à aprovação da Constituição de 1911, que consolidou Primeira República em Portugal. Salientaram-se, ainda, algumas das mudanças implementadas pela República, como a substituição dos símbolos nacionais: o hino nacional, a bandeira e a moeda, assim como o relevante papel exercido por Bernardino Machado.
Na Escola Infante D. Pedro foi ainda organizada uma exposição de trabalhos elaborados pelos alunos.
A experiência da Primeira República duraria apenas 16 anos (1910-1926), tendo sido objecto de um golpe militar em 1926 a que se seguiu uma ditadura (1926-1974) que durou até 1974, data em que ocorreu uma nova revolução, a revolução do 25 de abril. Nas últimas décadas (1974-2018), Portugal tem vivido num regime democrático.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL