Aniversário do «Liceu»: 87 anos de história da Joaquim de Carvalho

Hoje, dia 25 de novembro, comemorou a Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, o antigo «Liceu», o seu 87.º aniversário enquanto instituição educativa. A efeméride foi assinalada pelas 12 horas, com uma sessão solene, no auditório Dr. Joaquim de Carvalho em que os alunos foram os principais homenageados.
Perante uma mesa de honra composta pelo director da Escola, Carlos Santos, pelo presidente do conselho geral, João Santos, pela representante da Associação de Estudantes, Esmeralda Santos, aluna do 12.º ano, e pelo representante da Associação de Pais e Encarregados de Educação, Pedro Toscano, foi feita a evocação dos 87 anos de história desta instituição, que se iniciou enquanto Liceu Municipal Dr. Bissaya Barreto em 1932.
Nesta cerimónia foram homenageados alunos pela sua assiduidade, pelo mérito cívico e pelo desempenho académico.

A História
A 25 de novembro, sendo ministro de Instrução Pública Cordeiro Ramos, por meio do decreto de 6 de outubro, é criado «na Cidade da Figueira da Foz um liceu municipal, que se denominará Liceu Municipal Dr. Bissaya Barreto».
A nova escola abriu portas num prédio situado no local onde, no passado, funcionou o terminal rodoviário. Com o aumento da população estudantil, em 1961, o ministério de Lopes de Almeida elevou a nacional o Liceu da Figueira, e, em 1969, no dia 17 de abril, foi a inauguração oficial do liceu pelo Chefe de Estado, Américo Tomás, de cuja comitiva faziam parte os ministros da Educação Nacional, José Hermano Saraiva, e das Obras Públicas, Silva Sanches.

Mérito escolar
Hoje, em pleno século XXI, esta cerimónia deu principal destaque aos alunos que se notabilizaram pelo mérito académico e cívico.
Desta forma, foram entregues diferentes prémios:
- Prémios de Mérito Cívico - instituídos com o objectivo de valorizar os alunos que se evidenciaram pela participação e promoção de iniciativas de cidadania activa e responsável e revelaram empenho e colaboração em projectos e actividades promovidas pela Escola.
Neste plano, foram premiados os alunos:
- Ana Filipa Pardal Pereira;
- Gonçalo Alexandre de Almeida Almas;
- Guilherme Ramos Simão;
- Henrique Luís Serra Pinho;
- Joana Pinheiro de Santana Salgueiro Ferreira.

- Prémio assiduidade – atribuído às 2 turmas mais assíduas, do básico e do secundário, de 2018/2019.

- Prémios Dr. Joaquim de Carvalho - atribuídos aos melhores alunos dos anos lectivos de 2018/2019, tendo sido entregue ao melhor aluno de cada ano de ensino um prémio monetário patrocinado por diferentes instituições:
- 7º, 8º e 9º anos, respectivamente, Constança Sofia Barata Miragaia, Joana Pinheiro de Santana Salgueiro Ferreira, Ana Sofia Filipe Silva, todos com média de 5 – patrocinados pela Associação Doutor Joaquim de Carvalho.
- 10.º e 11.º anos, respectivamente, João Pedro Órfão Bastos (média de 19,14 valores); Laura Hiensch Sarmento (média de 20,0 valores) – patrocinados pela SINASE.
- 12º ano - Guilherme Oliveira Gaspar (média de 19,8 valores) - patrocinado pela CELBI.
A cerimónia terminou com a verbalização do lema da escola por todos os presentes: «Fomos, Somos e Seremos Sempre Joaquim de Carvalho».

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL