De pequenino e a brincar… se aprende a programar

No Jardim de Infância do Centro Escolar S. Julião/Tavarede, pertencente ao Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz, vivencia-se um projeto inovador na área da robótica educativa, com um grupo de crianças de 4 e 5 anos de idade.
Concorrente à 14.ª edição do Prémio da Fundação Ilídio Pinho “Ciência na Escola”o “Projeto BEE- A abelha curiosa” visa ensinar às crianças, de uma forma ativa e transversal, aspetos do mundo tecnológico presentes no nosso dia-a-dia; desenvolver a criatividade; aprender sobre robots e o seu funcionamento; desenvolver a autonomia e a capacidade de resolver problemas; promover a iniciação à codificação e à programação.
Tendo como parceiros, o ISEC (Instituto Superior de Engenharia de Coimbra), a Câmara Municipal da Figueira da Foz e a Junta de Freguesia de Tavarede, o projeto envolve a comunidade educativa e tem os Pais/Encarregados de Educação como entusiastas participantes e dinamizadores de algumas atividades.
Diariamente, o Jardim de Infância é animado por robots, através de histórias, canções e, desenhos ou mesmo uma exposição de robots com materiais reutilizados.
Nas sessões práticas, de uma forma lúdica e divertida, as crianças aprendem a programar a Bee Bot. E, com o robot, ferramenta divertida e motivadora, as crianças aprendem aspetos diversificados como o património arquitetónico da Figueira da Foz ou a história da Revolução dos Cravos. Para tal, basta pegarem em canetas, tintas e papel e participarem na decoração do tapete interativo, mudando o contexto de aprendizagem.
No âmbito do Projeto, o Grupo desenvolveu diferentes atividades lúdicas, de caráter científico e de programação, dinamizadas pelos Professores do ISEC, tendo também visitado uma loja, recentemente aberta na Figueira da Foz, na qual observaram “aspetos do mundo tecnológico”: escadas rolantes, máquina de fatiar pão ou mesmo um carro automático de limpeza.
O projeto, que tem feito as delícias da criançada, incentiva a geração dos tablets e smartphones a utilizarem a tecnologia não como um fim mas como um meio divertido de aprendizagem.
Afinal, de pequenino e a brincar… se aprende a programar.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

910 496 991 (comercial)

geral@figueiranahora.com

comercial@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL