A minha caneta é caprichosa!

A minha caneta é caprichosa e amua com muita frequência. Quando amua passa muito tempo sem me dar palavras. Disse propositadamente dar, não disse dirigir-me a palavra. Ela não me dirige a palavra, ela não fala comigo, não é nada dada a conversas, não gosta de perder tempo com isso.
Ela debita as palavras que lhe preenchem os pensamentos vadios e aprisiona-os nas letras que correm em carreiras apressadas nas traiçoeiras folhas de papel que os encarceram para sempre e os expõem a qualquer que tenha curiosidade para as ler.
A escrita desnuda, ela não guarda segredos depois de lhe descobrirmos o seu segredo ao aprendermos a ler.
Quando a minha caneta está colaborante , a minha mão aproveita e desliza apressada sobre o papel que brota sonhos, contos, fábulas, parábolas, rábulas, rimas e versos e também histórias de encanto, ou sem encanto, ou até de nos fazerem chorar.
A minha caneta é mesmo muito caprichosa e também é uma companheira maravilhosa!

 

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL