Bater no fundo!

As touradas são um dos assuntos fracturantes da sociedade portuguesa. Como PORTUGUÊS, como ser racional, como ser pensante sinto-me envergonhado, aviltado e sofro por saber que ela é uma prática legal em Portugal. A pensar e a sentir como eu, existem alguns milhões de portugueses.
Confesso que jamais esperaria que a líder dum partido político português com assento parlamentar - Assunção Cristas- pudesse proferir estas palavras: «Olho para a tourada como um bailado. Se pensar muito. muito. muito. muito. Sou capaz de sentir pena dos animais». Cada um tem as suas ideias. Cada um tem a sensibilidade que tem. Paciência! Mas..., repito!, mas..., um dirigente dum partido político não deve abordar com esta boçalidade os assuntos que afectam uma grande parte, senão a maior parte, dos portugueses!
Quem assim age, quem assim "desbraga", não tem estatura para ser governante, apesar de já ter sido. A criatura é um desastre! Esta intervenção fez-me lembrar o famigerado Berlusconi e outros Le Pen dessa europa. Pessoalmente repudio o estilo desta e carácter daqueles!
O meu voto pertence àquele universo de votos "flutuantes". Não votarei contra a criatura pela simples razão de que voto sempre a favor de causas e nunca contra causas. Por isso, irei votar a favor dos animais. Permita também que lhe diga que beijaria sem desprimor a pata de qualquer animal, mas..., repito!, mas..., jamais beijaria a sua mão..., porque não desejo bater tão no fundo. Eu que já votei no CDS. Votei nele no tempo em que foi dirigido por Senhores com estatura e craveira intelectual que seduziam quem pensasse! Bons tempos aqueles...

*Este texto foi escrito segundo os termos da ortografia anterior ao recente (des)Acordo Ortográfico.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL