Das raízes que ardem

O crepitar magoado dos troncos, roídos em lampejos de aflição, substitui, no silêncio das matas nacionais, o chilrear dos pássaros e a dança livre dos ramos dos pinheiros. É um som grave, de odor quente e melado, que flameja a angústia. Nada aqui chora, nada aqui vive.
Que opinião se pode botar no meio de uma floresta reduzida a cinzas? Quem nos salva dos nossos próprios fantasmas? Quem nos protege das ruínas da nossa gente? Quem guiará as almas dos corpos que se perderam da vida entre o fumo e o calor?
Podem demitir a ministra, urrar para a comunicação social sobre as falhas do sistema de proteção civil, desfazerem-se em relatórios, pareceres e estudos. Nada calará o silêncio que mói como fogo rasteiro. Apenas o tempo. Apenas o tempo trará novas pinhas que muitos de nós não voltarão a apanhar do chão.
Desresponsabilizámo-nos demais. O Estado, de que hoje somos órfãos, nunca foi um bom pai. Julgámos que podíamos pagar para tudo. Que os nossos impostos, o nosso dinheiro, quase sempre demais, obrigaria o Estado a fazer tudo, a cuidar de tudo, a cuidar de nós. E, por isso, talvez por isso, demitimo-nos da cidadania.
Percebemos hoje, pela via mais cruel, que esse foi (é) talvez o nosso maior erro.
Precisamos de voltar à floresta, às terras, às nossas raízes. Precisamos de voltar a cuidar das nossas aldeias, vilas e cidades como espaços de partilha colectiva e não de passagem individual. Precisamos de ser cidadãos a tempo inteiro, reivindicativos sim, mas principalmente informados, para que o fogo não nos queime a liberdade e o pensamento. Precisamos de perceber que estará, porventura, nas nossas mãos apagar as lágrimas e reinventar este país.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

910 496 991 (comercial)

geral@figueiranahora.com

comercial@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL