Estado vai investir 19,4 milhões de euros na entrada do Porto da Figueira da Foz

A ministra do Mar e o ministro do Ambiente estiveram esta manhã na Cova-Gala, freguesia de S. Pedro, numa visita ao local onde se procedeu à intervenção de reforço dunar, que consistiu na dragagem de 120 mil m3 na entrada da barra, com repulsão dos dragados na praia da Cova-Gala.
A Administração Portuária da Figueira da Foz está a analisar a possibilidade de ser realizada logo de seguida uma dragagem de manutenção de igual volume, 120 mil m3, para limpeza da faixa de acostagem ao longo de todo o cais.
Os trabalhos foram acompanhados por técnicos da APFF, por membros da Administração da APFF S.A. e pela Câmara Municipal da Figueira da Foz, no sentido de minimizar transtornos na abertura da época balnear, promovendo o bom desenvolvimento de todas as actividades económicas locais.
No final desta visita Ana Paula Vitorino e João Pedro Matos Fernandes deslocaram-se ao Portinho da Gala para uma cerimónia de apresentação dos projectos de mitigação dos riscos de erosão costeira, cheias e inundações.

«Bypass»: "uma solução mecânica que nunca foi tentada em Portugal e tem de ser bem avaliada"

Segundo adianta o Diário de Notícias, a ministra do Mar anunciou  que o Estado vai investir 19,4 milhões de euros na "melhoria da segurança e operacionalidade na entrada do Porto da Figueira da Foz", uma intervenção que "permitirá a remoção de três milhões de metros cúbicos de dragados da zona a norte do molhe norte do porto", que irão "alimentar os troços costeiros da zona sul".
Por outro lado, segundo adiantou hoje o ministro do Ambiente, o Governo está a estudar a possibilidade de a reposição de areia na zona costeira da Figueira da Foz a sul do rio Mondego ser feita através de um sistema de bombagem permanente.
Conhecida como «bypass», esta é "uma solução mecânica que nunca foi tentada em Portugal e tem, naturalmente, de ser bem avaliada" antes de se avançar para a sua eventual aplicação, disse João Matos Fernandes.

Foto: Ministério do Mar

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL