ICNF condiciona plantação de 32 mil pinheiros. PSD critica “comportamento leviano do executivo”

A Comissão Política do PSD da Figueira da Foz já enalteceu o projecto de solidariedade para a Figueira da Foz, com a oferta de 32 mil pinheiros marítimos, com objectivo de serem plantados por parte do município francês, da Associação Franco-Portuguesa Cultural e Desportiva Estrelas do Mar e da comunidade portuguesa e figueirense.
“A Câmara Municipal da Figueira da Foz devia ter tratado da iniciativa da comunidade francesa com respeito, consideração e elevação e não ter deixado uma imagem negativa para os portugueses e figueirenses de Nogent-Sur-Marne”, refere agora o PSD em comunicado.
Segundo a secção política liderada por Ricardo Silva, “mais uma vez revelou a incompetência do Dr. Carlos Monteiro e vereador Miguel Pereira, tratando do assunto como mais uma manobra política demagógica e populista, anunciando somente que fazem, não passando de encenação, sem resultados. Aqui sem réstia de dúvidas, mentiram aos figueirenses e à comunidade francesa, anunciaram que os pinheiros seriam plantados na zona envolvente à Lagoa, mas afinal o ICNF não permite”.
Segundo o documento, “assistimos a improvisos de quem não fez, nem faz o trabalho de casa, revelando a falta de planeamento sobre os locais próprios para plantar árvores. Dada a importância da iniciativa da comunidade francesa e perante o comportamento leviano do executivo, dada a justificada ausência do Dr. João Ataíde, que não quis ser cúmplice, o PSD exige a retirada de funções de quem gere o pelouro. Visto o Sr. Presidente frequentemente criticar as correntes populistas e de demagogia então deverá começar desde já, dentro do seu executivo”.
A terminar, o PSD figueirense “vem exigir a elaboração de um relatório com a discriminação da localização onde vão ser plantados os 32 mil pinheiros marítimos e posterior informação e justificação à comunidade francesa. Por último e não menos importante, o PSD exige a colocação de uma placa para posterior informação da oferta por parte da comunidade Nogent-Sur-Marne, para que no futuro os descendentes tenham possibilidade de saber onde estão plantadas os 32 mil pinheiros”.

Foto: DR/CMFF

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL