Incêndios: CDS/Coimbra diz que “Governo até agora falhou na assistência às famílias afectadas”

A Comissão Política Distrital de Coimbra do CDS, em comunicado, analisa os sucessivos comunicados e visitas realizadas pela CCRDC aos concelhos afectados pelos incêndios de outubro de 2017.
No passado dia 22 de dezembro a Distrital do CDS realizou uma visita aos concelhos de Tábua e Oliveira do Hospital, acompanhados pela presidente do CDS, onde identificou vários exemplos de famílias que iriam passar, como passaram, o segundo Natal sem verem as suas casas reconstruídas. “Os proprietários das casas com quem falámos, deram-nos conta de que a explicação que os empreiteiros responsáveis pelas reconstruções lhes deram para as obras se encontrarem paradas há meses, foi a falta de pagamento”, revela Rui Nuno Castro.
No entanto, adianta o presidente da CPD de Coimbra do CDS, “não podemos deixar de registar que o facto de termos «apertado» com o Governo nesta matéria, produziu resultados. A presidente da CCDRC tem por estes dias desdobrado a sua acção em comunicados e visitas ao terreno. Só por isso já valeu a pena a denúncia que tivemos oportunidade de fazer na visita realizada”.
No documento lê-se ainda que “hoje registamos com especial agrado o compromisso assumido publicamente pela presidente da CCDRC de até à Páscoa de 2019 estarem resolvidos os problemas de 90% das famílias que se encontram por realojar. Consideramos que é tardio e insuficiente, mas damos boa nota do compromisso assumido. Este anuncio que hoje pudemos seguir na comunicação social mais não é do que a assunção de que o Governo até agora falhou na assistência às famílias afectadas. O Estado não protegeu, não socorreu e não assistiu, mas mais vale tarde que nunca”.
A terminar, garante Rui Nuno Castro, “continuaremos atentos no seguimento deste assunto e na defesa dos interesses da região e das suas populações, em especial das famílias afectadas pelos trágicos incêndios de 2017”.

 

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL