Propostas da Juventude Popular discutidas em Conselho Municipal da Juventude

Realizou-se ao final do dia de ontem, 7 de março, a reunião extraordinária do Conselho Municipal da Juventude (CMJ) com vista ao debate das propostas apresentadas pela Juventude Popular da Figueira da Foz que não puderam ser discutidas na anterior reunião.
Ao longo das 3 horas que durou esta reunião foram debatidas 5 das 10 propostas que a JP da Figueira apresentou, adiando-se para outra reunião as restantes propostas. Do debate e segundo comunicado da JP, surgiu a aprovação de quatro propostas:

(…)

• Alargamento do horário de funcionamento da Biblioteca Pública Municipal
Embora tenha sofrido algumas alterações em relação ao horário proposto pela JP da Figueira, chegou-se à seguinte proposta de horário:
Segunda a quinta: das 9h30 às 20h00;
Sextas: das 9h30 às 23h00;
Sábados: das 10h00 às 23h00;
Domingos: das 10h00h às 19:00;
Foi ainda aditado que durante o período fora das épocas de exames este deveria ser alargado em mais uma hora, bem como este espaço deveria ser apetrechado de mais mesas e locais de estudo e material didáctico, nomeadamente livros de preparação para os exames do secundário. A limpeza inadequada do espaço foi também referida como um ponto essencial a melhorar.

• Desconto jovem nas piscinas municipais
Para todos os jovens até aos 25 anos e correspondente a metade do valor do bilhete normal de adulto e sempre igual ou superior ao desconto aplicado aos funcionários da autarquia.

• Abolição do uso de plásticos de utilização única no município da Figueira da Foz
Uma proposta que pretende que no espaço de 6 meses os plásticos de utilização única sejam eliminados nos edifícios, espaços e eventos municipais. Numa segunda fase, a criação de uma garrafa de água reutilizável a ser distribuída gratuitamente aos clubes e associações desportivas do concelho que tenham por hábito a utilização de garrafas de plástico descartáveis. Sugeriu-se ainda a criação de um fundo de apoio às associações do município destinado à aquisição de copos e utensílios alimentares reutilizáveis, para que nas suas actividades seja abolido o uso de plásticos de uso único.

• Concurso de ideias para criação da imagem do CMJFF
O concurso deve ser realizado, se possível, com a parceria das várias escolas do município e o prémio a atribuir não deverá ser um valor monetário ou apenas uma lembrança ou diploma, mas sim uma formação ou outro tipo de actividade que fomente a aprendizagem e valorização pessoal e profissional na área do design.

(…)

A proposta para as comemorações do Dia Internacional da Juventude 2019 foi chumbada.
“Uma vez que achamos que a crítica não serve sem uma solução apresentada, ou simplesmente concluir sobre a caducidade do actual modelo para as comemorações e a necessidade de encontrar um novo, decidimos levar a votação a proposta de um modelo concreto para este evento.
No entanto sentimo-nos realizados por esta ter sido a proposta que maior discussão gerou tendo sido unânime a opinião de que o actual modelo seguido para estas comemorações está esgotado e é insuficiente. Neste sentido surgiu a proposta por parte do município de o CMJFF fazer parte da organização deste evento e ajudar a encontrar um novo modelo para a realização do mesmo, a qual foi aprovada”, refere a direcção da Juventude Popular local.
Explica ainda Carlos Vitória que “apesar de a nossa proposta ter sido chumbada, votámos favoravelmente a proposta apresentada pelo município uma vez que o essencial era o entendimento na necessidade de mudar. Assim sentimos que esta foi mais uma vitória”.
“Esperamos ansiosamente pela próxima reunião do CMJFF, ainda sem data marcada, na qual esperamos ver aprovadas as restantes propostas as quais achamos da maior importância para os nossos jovens. Relembramos que estas propostas serão apresentadas ao Executivo sobre a forma de recomendações, não sendo vinculativas. No entanto, acreditamos que por terem surgido da verdadeira necessidade e vontade dos jovens do nosso concelho estas virão a ser implementadas”, salienta o presidente da JP da Figueira.

 

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL