PSD quer saber contas da FINDAGRIM

A secção política da Figueira da Foz do PSD que apurar ao pormenor quanto custou a FINDAGRIM - Feira Industrial, Comercial e Agrícola de Maiorca.
Em comunicado, recorda ser esta “desde 2010, a única feira de actividades económicas no concelho da Figueira da Foz. Até ao ano de 2017, foi organizada pela respectiva Junta de Freguesia, com a colaboração de um grupo significativo de mulheres e homens de Maiorca, em regime de total voluntariado, que conseguiram, ano após ano, realizar e afirmar o evento, apesar do fraco apoio financeiro da Câmara Municipal da Figueira da Foz”.
Lê-se ainda no documento que “mão podemos permitir, que fique no esquecimento, por exemplo que, no ano de 2016, a autarquia marcou um concerto de Anselmo Ralph a 12 de Agosto 2016, exactamente o mesmo dia e hora de um concerto na Findagrim, trapalhada que teve, como resultado, um custo para o contribuinte de 16.214.00€ (relativo à não venda de 9.000 bilhetes…)”.
Prosseguindo, o PSD local recorda que “somente em 2017 a Câmara Municipal da Figueira da Foz, talvez por ser ano eleitoral, decidiu duplicar o apoio à Findagrim” e que para a edição de 2018 “foi anunciado pela organização uma redução de elementos e intervenientes na organização da mesma, agora mais profissionalizada, bem como uma redução do orçamento em 30 mil euros, mas com um aumento do apoio financeiro da Câmara Municipal em 10 mil euros, para 40 mil euros (talvez porque, agora, a Junta Freguesia de Maiorca é socialista, assim como a Câmara Municipal?)”.
No comunicado a secção político-partidária presidida por Ricardo Silva adianta que “a edição deste ano ficou abaixo das expectativas, e muito aquém das edições anteriores”, pelo que o PSD solicitou ao município da Figueira da Foz, através de requerimento, os seguintes dados:
• O Relatório de contas da Findagrim, de acordo com protocolo celebrado na reunião de Câmara de 28 de maio de 2018, 2.ª Clausula, n.º 3;
• Esclarecimento sobre o valor da verba atribuída (30 mil euros ou 40 mil euros?);
• O Município assumiu algum pagamento fora do âmbito do Protocolo?
• Qual foi o valor do apoio logístico?

Foto: Arquivo

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL