PSD quer suspensão imediata das obras de requalificação

A Comissão Política de secção do PSD sugere ao executivo camarário a suspensão imediata das obras em Buarcos, na zona antiga da cidade e no Cabedelo.
Em comunicado, o PSD local refere que “não pode deixar de lamentar as declarações à comunicação social, do presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz bem como do seu vice-presidente porquanto demonstram um desconhecimento do projecto que aprovaram e de que são responsáveis para a frente ribeirinha”.
“Como é possível dirigir um município sem se conhecer o que se vai aprovar e executar? Obras no valor de 6.5 milhões de euros? O PSD em devido tempo, alertou que era necessário ouvir os figueirenses sobre estas obras, pois sabíamos que havia erros graves que iriam prejudicar os habitantes e principalmente os comerciantes. Alertamos também que atrás da cortina da mobilidade sustentável e da diminuição da poluição, havia mais betão e consequentemente menos preocupação com o meio ambiente”, lê-se no documento.
Para a estrutura presidida por Ricardo Silva, “temos uma governação socialista que não ouve as populações nem a oposição, que decide fazer obra sem um planeamento e objectivo futuro e que age de harmonia com a existência ou não de reivindicação da população”.
Desta forma, “o PSD pretende e sugere à vereação socialista a suspensão imediata das obras em Buarcos, na zona antiga da cidade e no Cabedelo, a fim de que as mesmas possam ser convenientemente debatidas por todos os figueirenses de modo a que as obras que se entendam fundamentais se concretizem com um amplo consenso figueirense e não por mera decisão autocrática do presidente da Câmara e do seu vice-presidente”.
Refira-ainda que o PSD já contactou as diversas forças políticas representadas na Assembleia Municipal tendo por objectivo a realização de uma sessão extraordinária cujo ponto único da ordem de trabalhos será o tema da intervenção no espaço público da Figueira da Foz. O pedido foi já encaminhado ao presidente da Assembleia Municipal da Figueira da Foz.

 

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL