Vereador Ricardo Silva quer apurar contornos da «Comboiada»

Dia 8 de maio a Câmara Municipal da Figueira da Foz promoveu a iniciativa «Comboiada» (ver aqui).
Na qualidade de vereador eleito pelo Partido Social Democrata, Ricardo Silva endereçou ao presidente da autarquia um requerimento no qual critica o modelo do evento e exige explicações oficiais sobre esta organização.
Recorde-se que a autarquia avançou com um apoio financeiro de 14.000 euros, esperando a presença de 1.500 estudantes.

“A informação prestada por proprietários da restauração figueirense foi no sentido de que não se vislumbrou qualquer crescimento no movimento. Como tal, as fotos que circulam pelas redes sociais, confirmam e demonstram que o evento foi um fiasco», refere Ricardo Silva adiantando ainda que “a publicação de vídeos do evento demonstram que o próprio «contratado» apresentador, o famoso Rui Unas, aproveitou para ridicularizar o evento e a própria cidade”.

“Aguardei uns dias para que sr. presidente João Ataíde, ou os seus vereadores através dos «meios de propaganda da Câmara» ou através do seu vasto leque de assessores, viessem a publico dar um esclarecimento cabal, da forma onde e como é gasto o dinheiro dos nossos impostos.
Qual a motivação que levou a que o sr. presidente João Ataíde e seus vereadores na reunião de Câmara Municipal «secreta» de 7 Maio (reunião à porta fechada ao publico), para não terem prestado informação, à oposição, sobre o evento?!
Qual a razão do apoio não ter sido submetido à reunião de Câmara 7 de Maio 2018? A responsabilidade política de apoiar este evento partiu do gabinete da Presidência ou de algum vereador?”, questiona o vereador social-democrata no requerimento.

Desta forma, Ricardo Silva solicito oficialmente que lhe seja fornecida “toda a correspondência trocada com a organização da Queima das Fitas e ainda toda a documentação e orçamentos que justifiquem o apoio dos14 mil euros”, salientando, no documento, ser “lamentar que o município, o qual transmite ser transparente e isento, tenha este tipo de actuação”.

A terminar o requerimento Ricardo Silva destaca que “em termos de comparação, a 41º Jornadas Teatro Amador, organizadas pelo Lions Clube da Figueira da Foz, que estão a decorrer até 19 de Maio 2018, sejam somente apoiadas com 2.500 euros. É a forte aposta no associativismo e na cultura no nosso concelho”.

 

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

910 496 991 (comercial)

geral@figueiranahora.com

comercial@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL