Inscrições abertas para o colóquio «Santos Rocha, Arqueologia e Territórios da Figueira da Foz»

Em 2019, o Museu Santos Rocha celebra 125 anos de existência. Para comemorar este aniversário, o município da Figueira da Foz tem vindo a realizar um conjunto diversificado de iniciativas.
Para o mês de novembro, de 21 a 23, está agendada a realização de um colóquio, em parceria com o Instituto de Arqueologia da Universidade de Coimbra e com a colaboração de diversas entidades.
O mesmo contará com a participação de diversos oradores, nacionais e estrangeiros, e será enriquecido com comunicações e pósteres.
A comissão de honra é composta por Adília Alarcão, António Ferreira Soares, Isabel Pereira, Jorge de Alarcão, Jorge Paiva, José d’Encarnação, José Manuel Brandão, José Morais Arnaud e Luís Raposo.
Já a Comissão Científica conta com António Campar de Almeida, Amílcar Guerra, Carlos Fabião, Helena Catarino, José Manuel Soares Pinto, Pedro Callapez, Raquel Vilaça, Rui Parreira, Teresa Gonçalves e Thierry Aubry
A participação será gratuita, contudo sujeita a inscrição prévia, obrigatória.
Informações, programa e inscrições: https://arqueologiafigueira.wordpress.com/

Para além do colóquio o Museu Municipal Santos Rocha encontra-se a organizar na sua principal sala de exposições temporárias a exposição «Santos Rocha, Arqueologia e Territórios da Figueira da Foz», que ficará patente de 21 novembro de 2019 a 8 maio de 2020, e que pretende reflectir sobre a acção do fundador e patrono do Museu Municipal, as realidades arqueológicas e os territórios da Figueira da Foz, desde as origens até à época contemporânea.
Nesta exposição, o território do município da Figueira da Foz será representado através de uma maqueta e uma linha de tempo, recuando da actualidade até às mais remotas origens da Humanidade: espaço e tempo são as coordenadas onde se inscrevem objectos inéditos ou pouco conhecidos, existentes nas colecções do Museu Municipal ou provenientes de entidades externas, algumas em curso de estudo.
Ainda sob o mote do colóquio, a sala de exposições temporárias 2 do Museu Municipal, irá acolher, de 21 novembro de 2019 a 8 maio de 2020, a exposição «Fragmentos da Histórica do carvão e do cimento no Cabo Mondego», que vive sobretudo da colecção particular de José Manuel Soares Pinto e apresenta objectos do quotidiano do trabalho da mina, documentos e fotografias, mas também depoimentos de pessoas que viveram o quotidiano da fábrica na fase final da sua laboração.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL