Nuno Camarneiro: “A escrita é uma pulsão permanente na minha vida”

O escritor figueirense, Nuno Camarneiro, Prémio Leya 2012, regressou uma vez mais à sua cidade e às 5as de Leitura, desta feita para falar de si e do seu mais recente romance, «O Fogo Será a Tua Casa», “uma narrativa que navega entre os problemas que afectam o Islão e a redenção pela palavra”.
Na Biblioteca Municipal, perante uma plateia de cerca de meia centena de pessoas e na companhia do presidente da Câmara Municipal, João Ataíde, o escritor falou do espaço cultural como sendo um lugar de boas memórias e recordações, onde passou grande parte da infância e juventude, junto de livros que nos “permitem lidar com as contrariedades e aceitar o que temos e o que não temos”.
Nuno Camarneiro referiu que depois de sair da Figueira da Foz e de Portugal, passou a ler compulsivamente e descobriu que a escrita é uma “pulsão” permanente na sua vida.
Para além de livros, o autor escreve também crónicas para jornais, na sua opinião “um outro olhar sobre a realidade”.
Sobre «O Fogo Será a Tua Casa», obra de ficção mas também biográfica, cuja acção decorre numa zona de guerra do Médio-Oriente para onde o escritor viajou na companhia de um turco, Karem, Nuno Camarneiro disse ser “um livro que nasceu de uma observação do mundo, coberto de conflitos gravosos”, que convida a pensar pela “própria cabeça” e cuja leitura, que é “um mecanismo para nos fazer pensar seriamente”, nos permite “compreender melhor as razões do conflito e de quem nele participa”.
Dos vários momentos que experienciou na sua viagem, Nuno Camarneiro lembrou o sequestro de que foi vítima, juntamente com Karem.
Um grupo de fundamentalistas islâmicos encerrou-os num barracão, “lugar onde se iriam juntar a outras vítimas, formando um estranho e polifónico grupo «Nuno, o português, cujo ofício é contar. Florian, o flamengo. Agnes, a devota. Michel, o homem que fuma. Sami, o reticente».
A próxima sessão das 5as de Leitura, que terá como convidado Boaventura de Sousa Santos, realizar-se-á dia 17 de janeiro, pelas 21h30, no local de sempre, a Biblioteca Municipal.

 

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL