SAM: João Ataíde entregou prémio «Maria Barroso» a Maria Antónia Palla

Ontem Maria Antónia Palla recebeu o prémio «Maria Barroso - Jornalismo pela Paz e pelo Desenvolvimento», no âmbito da Semana Arte Mulher (SAM), pelas mãos do presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, João Ataíde.
No discurso que antecedeu a entrega do prémio à laureada, o edil manifestou a sua dupla satisfação e orgulho por receber um evento como a SAM e, neste caso concreto, ser o protagonista da entrega de um prémio a uma mulher que "fez história e que faz parte do panorama da história nacional, de uma grandeza ilimitada, com um percurso de vida assente em lutas em prol dos outros, em causas altruístas, num contexto histórico muito peculiar que gostava de silenciar as vozes femininas, mas que não conseguiu, em momento algum, calar a voz da mulher, calar a voz da jornalista."
Para João Ataíde, mulheres como a laureada e como Maria Barroso, despoletam uma vaidade indisfarçável por ser também ele filho de uma mulher de convicções que lutou, como estas mulheres lutaram, pela "dignificação da vida humana, numa defesa incondicional de uma liberdade merecida".
Maria Antónia Palla agradeceu a atribuição do prémio enquanto exemplo de luta pela afirmação das suas convicções, numa tarefa diária, permanente e genuína.
Isabel Soares e João Ataíde consideraram que a entrega do prémio cumpre uma dupla finalidade, a da justa homenagem à mulher frontal e repleta de convicções, Maria Antónia Palla e, simultaneamente, uma forma de enaltecer aquela que empresta o nome ao prémio, Maria Barroso.
Seguiu-se um momento de conversa muito franca e dialógica entre a laureada e a jornalista Helena Matos que colocou mais uma vez em evidência a personalidade de Maria Antónia Palla que, através do dom da escrita, consegue desvendar um profundo conhecimento da condição humana.

Hoje, depois da peça de teatro interpretada pelo Pateo das Galinhas «Maria Senhora de Mim”, esta tarde no auditório municipal, segue-se às 16h0, no Museu Municipal uma conversa moderada pela jornalista Sílva Lima Rato com as actrizes Isabel Cardoso, Helena Adão e Lígia Bugalho, com a presença do autor da peça, António Tavares, e da encenadora de «As Lusíadas», Maria João Rocha. A peça de teatro pode ser assistida no pequeno auditório do Centro de Artes e Espectáculos, hoje, às 21h30.

Programa de amanhã, dia 18:

• «Mulheres Brilhantes»
Durante a manhã e tarde nas escolas do concelho, «A Mulher Palhaça vai à Escola» - CIA Nós As Duas - «Afinal, não sou mulher?!», com as palhaças Tâmara Floriano e Regiane Cunha.

14h30
«Maria da Penha vai à Escola», programa de intercâmbio de políticas de género com a presença da Secretária da Mulher do Recife, Cida Pedrosa.

21h30
CAE – Jardim Interior
Apresentação do livro «Maria de Lourdes – Curiosa e Brilhante», da autora Rosabela Afonso, apresentado peka investigadora e política Elza Pais.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL