1,2M€ vão ser investidos na circulação e segurança da EN109 entre Cantanhede e Variante de Tavarede

A Infraestruturas de Portugal (IP) deu início à empreitada de reforço das condições de circulação e segurança no troço da EN109 na Figueira da Foz.
O troço a intervencionar desenvolve-se entre o km 101, no limite entre os concelhos da Figueira da Foz e de Cantanhede, e o km 116, no início da Variante de Tavarede. A obra tem um prazo de execução de 300 dias e envolve a reformulação dos vários cruzamentos existentes ao longo deste lanço com quinze quilómetros, a beneficiação do pavimento, a substituição e reforço da sinalização e equipamentos de segurança e a melhoria da capacidade de drenagem da estrada.
Segundo fonte da IP, “num investimento de cerca de 1,2 milhões de euros, a concretização desta empreitada irá assegurar importantes melhorias ao nível das condições de circulação, acessibilidade e segurança da EN109. A Infraestruturas de Portugal tem vindo a executar um conjunto de intervenções de beneficiação da EN109, tendo concluído em junho do ano passado a obra de reabilitação do troço com cerca de 15,5 quilómetros, entre Figueira da Foz e Pombal” (consultar aqui).
No conjunto das duas empreitadas, a IP investe mais de 4 milhões de euros na beneficiação de 30,5 quilómetros de via, “melhorando fortemente as condições de mobilidade e segurança dos milhares de automobilistas e peões que diariamente utilizam a EN109”.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL