Administradas cerca de 5.500 vacinas na Figueira da Foz

No concelho da Figueira da Foz foram já administradas cerca de 5.500 vacinas aos utentes de lares e estruturas residenciais para idosos, pessoas com mais de 80 anos de idade ou mais de 50 com patologias associadas.
Cerca de 1.500 vacinas foram administradas a utentes e funcionários de entidades com surtos activos. Está agendada para os próximos dias a administração de cerca de 700 vacinas.
Ao actual centro de vacinação sediado no Centro de Formação da Guarda Nacional Republicana poderão juntar, em meados deste mês, dois outros espaços, um a norte e outro a sul do concelho da Figueira da Foz.
O processo de vacinação, além dos profissionais de saúde, conta com o apoio da autarquia figueirense na preparação entrega de testes, contactos telefónicos e transporte de utentes (foram já realizados 130 transportes) ao centro de vacinação.
Segundo revela o presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, a autarquia admite poder vir a contratar serviços de táxis para transporte de utentes sem viatura própria aos centros de vacinação, tendo em conta que com a esperada reabertura de aulas presenciais será também retomado o transporte de alunos, o que retira capacidade aos recursos alocados ao processo.

Já foram administradas em Portugal 868.951 vacinas

A nível nacional, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde afirmou hoje que já foram administradas, em Portugal, 868.951 vacinas contra a Covid-19 “das quais 603.585 são primeira dose e 265.366 são de segunda dose”.
Em termos percentuais, António Lacerda Sales disse que “neste momento cerca de 30 % da população - com 80 ou mais anos residente em Portugal continental - já recebeu pelo menos uma dose de vacina contra a Covid-19” e que “cerca de 9% já está imunizada com as duas doses de vacina”. Também 70 % dos profissionais de saúde já receberam, pelo menos, uma dose.
António Lacerda Sales anunciou hoje que o prazo entre a toma das duas doses da vacina da Pfizer/BioNtech foi alargado de 21 para 28 dias. Esta alteração do tempo de intervalo vai permitir, segundo o Secretário de Estado, intensificar o ritmo de vacinação em mais 100 mil pessoas, até ao fim deste mês.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL