“As famílias precisam sentir o espírito natalício e saber que nem tudo no mundo perdeu o sentido” – diz Pedro Santana Lopes

Em plena Rua da República, simbolicamente o presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz «inaugurou» esta tarde o sistema de iluminação natalícia que se estende um pouco por toda a cidade embora com menor impacto visual em relação a anos anteriores.
“Está a ser um ano difícil e deve ser de poupança a todos os níveis, sem haver gastos excessivos. Mas as iluminações de Natal contribuem também para dar de comer a muitas pessoas que vivem do comércio, do turismo. Na Figueira muitas pessoas vivem da atractividade da cidade e, por outro lado, as famílias precisam sentir o espírito natalício e saber que nem tudo no mundo perdeu o sentido, que nem todas as tradições desapareceram. Portanto, há despesas que não o são, mas sim um investimento em alguma felicidade e no bem estar das famílias para quem isto é muito importante”, considerou Pedro Santana Lopes.

“Pedonalização com estacionamento de proximidade é uma hipótese”

Sobre o recorrente tema da eventual pedonalização desta via que já foi apelidada de «o grande centro comercial da Figueira da Fiz», o edil reforça a ideia de que “a revitalização do comércio tradicional é uma prioridade. 2023 é um ano que prevemos ser muito difícil, mas hoje deixamos aqui um sinal da importância que damos à renovação desta zona da cidade. Todas precisam de apoio, mas a Rua da República é muito falada há anos e portanto nós, o executivo, o que estamos a fazer é a amadurecer a intervenção do que aqui vamos fazer”.
Nesta linha de pensamento, salientou ainda Pedro Santana Lopes, “ver aqui o trânsito condicionado, as pessoas a passar e as crianças a brincar é uma fonte de inspiração para as decisões que temos de tomar. Faltam ainda algumas respostas quer em termos de produção quer financeiros para termos uma certeza. E depois há que reunir com os comerciantes e vermos a opinião deles para tomarmos uma decisão”.
Ainda neste particular o presidente da autarquia figueirense destacou que “a pedonalização com estacionamento de proximidade é uma hipótese”, revelando que “o regime de estacionamento em breve irá ter algumas alterações e não só aqui nesta zona”.
Voltando à Rua da República, oportunidade ainda para o edil vincar a opinião de que “se aqui se houver essa opção, com certeza, mas com muito estacionamento amplamente facilitado. Algumas destas zonas – e já o fiz, nomeadamente em Lisboa – acabaram por ser as com mais comércio, apesar dos receios iniciais”.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL