Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Velho: ampliação e remodelação do quartel da corporação em dia de aniversário

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Velho (AHBVMV) comemorou hoje o seu 88º aniversário da corporação.
A inauguração das obras de ampliação e remodelação do quartel da corporação, pela secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, foi um dos momentos altos da celebração que reuniu muito público, entidades, familiares e amigos dos bombeiros montemorenses.
No decorrer da sessão solene, Patrícia Gaspar, com uma palavra de reconhecimento especial aos bombeiros e às bombeiras, reiterou que “as mudanças climáticas não são um mito”, pelo que “todos seremos poucos para enfrentar os desafios” que se colocam à escala global.
A secretária de Estado da Administração Interna, ao aludir ao trabalho que se encontra a desenvolver nas diversas áreas que abrangem a protecção e socorro – e na resposta a algumas questões apresentadas pelo Presidente Liga dos Bombeiros Portugueses –, reiterou um “firme compromisso pessoal” para responder ao desafios e às prioridades, sendo disso exemplos a implementação do novo regime territorial de protecção civil ou a revisão do financiamento dos bombeiros.
O presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão, iniciou a sua intervenção na sessão solene comemorativa com palavras de agradecimento “à pronta intervenção e apoio” da secretária de Estado da Administração Interna durante a recente visita ao concelho, por ocasião das últimas cheias, e um agradecimento público ao ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, por todos os pedidos que foram efectuados terem sido satisfeitos.
Ao sublinhar que “os bombeiros voluntários fazem parte da nossa história”, o edil montemorense reforçou que “o voluntariado é algo que deve ser continuado e apoiado” e, para o efeito, referiu: “Numa abordagem inicial, seria importante rever o estatuto dos bombeiros voluntários”.
Com palavras de elogio à corporação montemorense, Emílio Torrão reforçou: “Temos uma corporação ímpar na região e estou muito orgulhoso do vosso trabalho”.
No que diz respeito às alterações climáticas, ao trabalho desenvolvido pela Câmara Municipal e ao trabalho de parceria com os bombeiros, o presidente da autarquia referiu: “Nós consideramos os bombeiros os nossos parceiros privilegiados no combate às catástrofes e, por isso, na resposta ao que nos solicitaram, foi implementada [no quartel] a mesma tecnologia que temos no Serviço de Municipal de Protecção Civil, de modo a favorecer a partilha de informação”.
“Os bombeiros vão ser cada vez mais importantes no futuro” e, no âmbito do combate aos fenómenos provocados pelas alterações climáticas, “precisamos cada vez mais da ciência e da tecnologia” ao serviço dos bombeiros.
O presidente da direcção da AHBVMV, Nuno Rasteiro, e o comandante do Corpo de Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Velho, Joaquim Carraco, congratularam-se com a realização das obras, lembraram os feitos alcançados nos últimos anos que permitiram restaurar a identidade da corporação e a confiança da população, assim como ter um quartel moderno e adaptado às exigências actuais.
A formatura e hastear da bandeira, a recepção às entidades, a revista à formatura e guarda de honra, as promoções e condecorações a bombeiros (medalhas de altruísmo e assiduidade), o desfile apeado e motorizado, a visita às obras de remodelação e ampliação, a oferta de um equipamento de Desfibrilhação Automática Externa (DAE) à corporação por Paulo Queda e a entrega de medalhas de dedicação e altruísmo - 30 anos da Liga dos Bombeiros Portugueses foram alguns dos momentos que marcaram também a comemoração deste aniversário que contou também com as intervenções dos presidentes da Liga dos Bombeiros Portugueses e da assembleia geral da AHBVMV.
Com o objectivo principal de promover a adaptação às alterações climáticas e a prevenção e gestão de riscos, recorda-se que as obras de ampliação e remodelação contemplaram a sala de gestão operacional, a camarata masculina nº 1 - piquete de fogo, a criação de zona de apoio logístico e ampliação do parque de veículos, a substituição da cobertura, a sala do bombeiro, refeição e copa, a camarata feminina e a camarata de incêndio nº 2, e as instalações sanitárias de apoio à zona operacional do piso 1.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL