Centro de Vacinação Covid já administrou 170 mil doses na Figueira da Foz

O presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, Carlos Monteiro, acompanhado por alguns vereadores e pelo presidente da Assembleia Municipal, José Duarte Pereira, fez hoje à tarde uma visita ao Centro de Vacinação Covid, instalado no Centro de Formação da GNR.
Recebido pelo presidente do Agrupamento dos Centros de Saúde do Baixo Mondego, José Luís Biscaia, a comitiva visitou as diversas salas de apoio à vacinação, tendo a enfermeira chefe coordenadora, Fernanda Vitória, explicado detalhadamente todo o processo de funcionamento daquele centro, onde já foram ministradas 170 mil vacinas de todas as marcas, número que ultrapassa largamente a população figueirense (cerca de 69 mil habitantes), mas segundo explicou a técnica de Saúde, “estes números não são só do concelho”, porque houve muitos cidadãos dos concelhos limítrofes e até de outros regiões do país, sobretudo aquando da iniciativa da «Porta Aberta», que “optaram por ser vacinados aqui” disse.
Fernanda Vitória explicou ainda que tinham cerca de 30 profissionais a trabalhar, tudo dependia dos agendamentos. “A capacidade do Centro estava preparada para 800 pessoas, mas houve dois dias excepcionais em que o pico atingiu os 1.200 vacinados em cada dia”.
Tal como na média do país, o concelho da Figueira da Foz tem nesta altura cerca de 85% vacinados com uma dose e 77% com as duas doses, não se tendo registado casos complicados na pós-vacinação.
O presidente do ACES, José Luís Biscaia, manifestou o seu contentamento pela “missão cumprida” graças ao esforço e dedicação de todos os profissionais de saúde ali a trabalhar, mas também à colaboração da autarquia figueirense e do Centro de Formação da GNR.
Informou ainda que a partir de 27 de setembro os centros de vacinação deverão ser desactivados, dependendo ainda do número de pessoas que falta vacinar uma vez que, salientou, “no Baixo Mondego os números ainda estão a subir”.
O presidente da autarquia, Carlos Monteiro, congratulou-se com o trabalho desenvolvido que, defendeu, “correu excepcionalmente bem”.

Mudança de horário

O Centro de Vacinação COVID-19 irá, no mês de setembro, funcionar com um horário mais reduzido:
Segunda a sexta-feira: 14h às 18h
Sábados e domingos: 09h às 13h
Segundo informa a autarquia figueirense, o último fim-de-semana em que o Centro de Vacinação COVID-19 da Figueira da Foz estará em funcionamento será dos dias 18 e 19 de setembro, sendo que, a partir dessa data, apenas funcionará durante os dias úteis.
A modalidade «Casa Aberta» encontra-se disponível para a vacinação de primeiras doses de utentes elegíveis que não estejam agendados, com idade igual ou superior a 12 anos e que não tenham sido infetados com Covid-19 nos últimos três meses.
Para usufruir do sistema de senha digital da modalidade «Casa Aberta» é necessário que se tire uma senha no dia em que pretende ser vacinado. Para isso, é necessário ir ao endereço na internet da «Senha Digital» (clicar aqui) e seguir as instruções.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL