Santuário de Fátima preparado para receber fiéis depois de “longo período de tempo doloroso”

O reitor do Santuário de Fátima, no concelho de Ourém, distrito de Santarém, convidou os fiéis a regressarem às celebrações comunitárias, a partir de sábado, “com segurança”, depois de um “longo período de tempo doloroso” devido à pandemia de covid-19.
Numa mensagem vídeo divulgada publicamente, Carlos Cabecinhas convida os peregrinos a voltar à Cova da Iria, em Fátima, neste que considera ser “um tempo novo”.
“Queria convidar-vos a vir ao Santuário de Fátima. Estaremos à vossa espera para vos acolher com segurança. Todos vós sereis bem-vindos”, diz o reitor.
Carlos Cabecinhas recorda o "largo período de tempo doloroso" imposto pela pandemia, que “privou as pessoas de cumprirem a rotina quotidiana e de participarem na eucaristia”, impedindo até a celebração da Páscoa em comunidade.
“Não pudemos peregrinar a Fátima, nos dias 12 e 13 de maio. Fizemos estes sacrifícios em nome de um bem maior: a saúde de todos nós”, refere na mensagem, considerando que é tempo dos cristãos retomarem a “vida normal”, ou seja, “viverem a sua fé em comunidade, respeitando as regras para a preservação da saúde mas em comunidade”.
O reitor do Santuário de Fátima considera que o momento actual é “uma oportunidade para viver a fé com entusiasmo e em comunidade”, como o fizeram “os santos pastorinhos".
Em Fátima, o regresso à actividade será feito “com regras de segurança já definidas”, concentrando a maioria das missas do programa oficial, de segunda a domingo, na Basílica da Santíssima Trindade. A excepção são as missas das 11:00 no fim de semana, celebradas no Recinto de Oração, tal como a das 15:00 de domingo.
“Será necessário respeitar procedimentos e observar o recomendável distanciamento físico mesmo no recinto”, alerta Carlos Cabecinhas.
As celebrações na Capelinha das Aparições também serão retomadas, com o terço às 12:00 e às 18:30. As celebrações oficiais terminarão diariamente com terço às 21:30.
Durante a semana será ainda celebrada na Capelinha das Aparições a Eucaristia das 12:30.
As missas que habitualmente decorriam durante a semana na Capelinha das Aparições em italiano, inglês e espanhol não irão ser celebradas, tal como a procissão do Santíssimo ao domingo.
Dentro dos espaços fechados é obrigatório o uso de máscara e a prévia higienização das mãos. Durante as celebrações, a máscara só deverá ser retirada no momento da comunhão que continuará a ser dada na mão, informa o Santuário.
Os peregrinos deverão respeitar todas as indicações dos acolhedores, nomeadamente nas filas para a comunhão e na ocupação dos lugares sentados, dentro dos espaços de culto e oração.
As capelas da Reconciliação e da Adoração mantêm os horários habituais, devendo os peregrinos observar todas as regras de distanciamento, etiqueta respiratória e higiene.
A Bênção dos Veículos passa a realizar-se semanalmente, a partir do dia 31 de maio, ao domingo, no parque 12, ao lado do Centro Pastoral de Paulo VI, às 12:45 e 17:00.

Fonte: Agência Lusa

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL