125 anos do Ginásio Figueirense em imagens

Nas comemorações dos 125 anos do Ginásio Clube Figueirense que decorreram durante 2020, devido à pandemia toda a programação elaborada para o efeito por uma comissão foi interrompida abruptamente. Desse conjunto de eventos, foi ontem apresentado o álbum «125 anos em imagens», um trabalho do antigo presidente de direcção Aníbal Martins da Silva. Razões familiares, em Lisboa, não lhe permitiram estar presente nesta cerimónia.
Na apresentação, o coordenador da Comissão das Comemorações e presidente da assembleia geral do clube, Joaquim de Sousa, deixou “um merecido agradecimento ao autor aliado a muito trabalho e paciência” para seleccionar documentos e fotos. Outro dos agradecimentos foi para a existência do Museu e Arquivo Histórico do Ginásio, que tinha presente o seu curador, José Rolinho Sopas, que possui material devidamente organizado e digitalizado (mais de 6.600 fotografias e 2.300 documentos, entre muitos outros artigos) “que dava para fazer uma dúzia de álbuns” disse Joaquim de Sousa.
Mas dar estampa a todo este trabalho só foi possível devido à colaboração da Litocar, através da família Mário Cardoso, que continua a dar todo o apoio a este centenário clube, sendo o patrocinador do Centro Náutico da Fontela há 25 anos, período em que o remo do Ginásio conquistou 263 títulos de campeão nacional.
O presidente da assembleia geral falou da importância deste trabalho que ilustra a «história singular de um clube de uma pequena cidade de província que, após outros quatro de Lisboa e Porto, conseguiu atingir cinco quartos de século sem qualquer interregno de actividade”, explicou.
Gonçalo Cardoso, administrador da Litocar, agradeceu todas as deferências e não escondeu o orgulho da empresa patrocinar este álbum que “perpetua 125 anos de história do Ginásio” tendo, posteriormente, recebido das mãos de Joaquim de Sousa um símbolo (em vidro) como gratidão do Ginásio.
Além de José Sopas, sócio n.º 1 do clube e da dirigente Alice Mano-Carbonnier presente no acto, a presidente do Ginásio, Ana Rolo, finalizou com um reconhecimento a todos os que tornaram possível a publicação deste “excelente trabalho”.
Foram editados 500 exemplares que estão disponíveis para venda na sede do clube (10 euros para sócios e 15 para não sócios).
À margem do lançamento do álbum, Joaquim de Sousa aproveitou para falar sobre os Prémios José Bento Pessoa, 8.ª edição, que se não houver alterações devem ser entregues em outubro próximo numa gala a realizar no Casino Figueira. Antes, em maio próximo, deverá reunir o júri, presidido por Marçal Grilo, cuja reunião vai realizar-se na Reitoria da Universidade de Coimbra.
O Ginásio lamenta os efeitos provocados pelo Covid 19, em que o clube perdeu um terço dos seus praticantes em 2020, mas mostra-se confiante na sua capacidade de organização, tendo tudo calendarizado para arrancar em força a partir já de meados de abril.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL