GranFondo Coimbra Region está de regresso a Montemor-o-Velho

O UCI GranFondo World Series - Coimbra Region está cada vez mais perto de ir para a estrada.
Nos dias 30 e 31 julho, aos cerca de 1.100 atletas juntam-se as famílias e fãs, sendo, por isso, esperados mais de três mil participantes associados ao evento que vão descobrir o concelho e a região, bem como dinamizar o comércio local.
Ao avançar que se trata de "um evento internacional com a chancela da UCI - Union Cycliste Internationale", João Cabreira, da Cabreira Solutions, referiu: "Somos a última prova de pontuável para o campeonato do mundo", facto que se reflete na atractividade do Granfondo Coimbra Region: "Dos 1.100 participantes, cerca de 342 são atletas estrangeiros".
O evento tem também preocupações ambientais e, por isso, "no final da prova, o território tem de ficar melhor do que quando chegámos", bem como "é feito um ecossorteio, com os atletas a serem desafiados a trazer as embalagens que usam na prova", avançou João Cabreira.
Ao explicar a importância estratégica do evento e o envolvimento do Município de Montemor-o-Velho, o presidente da Câmara Municipal, Emílio Torrão, lembrou "o imenso orgulho" que sentiu quando recebeu "os maiores elogios referentes à organização" da edição do ano passado e sublinhou: "É um evento disruptivo, é preciso ter coragem para o abraçar. Estamos no caminho certo e a fazer aquilo que se impõe. Estamos na frente do tempo e o tempo vai-nos dar razão".
O envolvimento das famílias e dos mais novos, com o Grandfondinho, evento dedicado formação desportiva das crianças, e a possibilidade dos participantes não profissionais poderem competir lado a lado com os atletas de topo da modalidade são outros dos aspetos que, para Emílio Torrão, representam o espírito do UCI GranFondo World Series - Coimbra Region.
Na apresentação da 2ª edição do evento, ontem no Pavilhão Multidesportos Dr. Mário Mexia, Carlos Lopes, vereador da Câmara Municipal de Coimbra, destacou a importância do desenvolvimento de "parceiras e políticas integradas" para a região de Coimbra.
Por sua vez, Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal, ao referir os números da actividade que o ciclismo e o cicloturismo movimentam a nível global, referiu a necessidade de captar esses fluxos internacionais, por forma a reforçar o caráter de internacionalização da marca Portugal.
"Queremos que os Municípios de Montemor-o-Velho e Coimbra estejam na linha da frente de uma modalidade que é muito competitiva a nível internacional, mas é também uma forma de continuarmos a puxar pela região no seu conjunto", reiterou Pedro Machado.
Com passagem por nove Municípios que integram a CIM Região de Coimbra, este ano, e depois da sempre surpreendente subida ao Castelo, a cerimónia de entrega de medalhas e pódio final acontece no seu interior, reforçando, deste modo, a promoção de desportiva e cultural do evento.
 
Este ano, o UCI GranFondo World Series - Coimbra Region, by Black Jack, é mais do que a prova de ciclismo, proporcionando uma programação dedicada às famílias.
Nos dias 28, 29 e 30 de julho, entre as 10h e as 19h, o Granfondinho promete fomentar o desporto e o ensino do ciclismo junto das crianças com idades entre os 3 e os 6 anos, junto à pista de atletismo em Montemor-o-Velho. "Na quinta e na sexta, a iniciativa é dirigida, especialmente, às crianças da comunidade local e, no sábado, é aberta a todas as crianças que queiram vir aprender a pedalar ou a melhorar as suas competências na bicicleta", explicou o vereador Décio Matias, à margem da sessão de apresentação.
Domingo, depois do arranque do Granfondo, a partir das 9h30, Montemor-o-Velho é o palco de uma caminhada com cerca de 5 km para as famílias.
Para a história da apresentação do evento fica também a estreia da mascote "Pintas" que vai dar outro colorido às provas e animar as crianças.
Em 2002, o UCI GranFondo World Series - Coimbra Region, by Black Jack, conta com a realização do contrarrelógio, em Coimbra, no dia 30 de julho. No dia seguinte, a prova rainha começa e termina em Montemor-o-Velho. Às 9h, iniciam-se, do Largo da Feira, o Granfondo (142 km) e o Mediofondo (104 km).

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL