Cónicas de tudo e de nada: As homenagens que fazem sentido

Testemunhei com muito gosto a homenagem ontem prestada à Drª Teresa Coimbra no auditório do Museu Municipal – uma feliz conjugação de vontades de colegas, ex-alunos, amigos, e da Câmara Municipal que lhe atribuiu a Medalha de Mérito Técnico/Científico em Prata Dourada. Em boa hora!
Oriunda de uma família de fortes convicções democráticas que viveu em permanente sobressalto o período da ditadura Salazarista, a Drª Teresa Coimbra desenvolveu a sua vida profissional como docente durante quase quatro décadas na Escola Comercial e Industrial da Figueira da Foz - actualmente Escola Secundária Bernardino Machado - e manteve a sua actividade cívica e política depois do 25 de Abril como militante do Partido Socialista que nela confiou os cargos de Membro da Assembleia Municipal e da Assembleia de Freguesia de S. Julião e ainda Deputada à Assembleia da República.
Do que está dito acima sobre o percurso de vida da Drª Teresa Coimbra pode parecer estranho que eu me inclua no grupo de pessoas das suas relações. Não fui aluna nem professora da Escola Comercial e Industrial, não fui camarada de partido político, temos quase 20 anos de diferença de idade… Então como foi que surgiu esta ligação? Eu diria que tudo se resume a uma palavra: RESPEITO.
Encontrámo-nos através da política em campos diferentes – área muito mais propícia a criar inimigos do que amigos. Mas foi exactamente aí que começámos a criar alguns laços. A sua objectividade, a ausência de seguidismo, a permanente luta por aquilo em que acreditava e não por aquilo que outros achavam conveniente, a defesa de valores e princípios com os quais eu me identificava, a vontade inabalável de promover a participação de mais Mulheres na vida pública pelo seu valor intrínseco e pelas suas capacidades e não apenas como números para cumprir cotas, fizeram desenvolver um respeito mútuo que se manteve e que continuamos a cultivar.
Ontem, numa simples mas digna festa de homenagem, cheia de manifestações de carinho, com intervenções de admiração, respeito e amizade, com a emoção da filha Isabel a relembrar o irmão que partiu cedo demais, com flores dos netos e capa de estudante nos ombros, com as quebras de protocolo que não me surpreenderam dadas as características da homenageada, com música de cavaquinho e canção de Coimbra, a Drª Teresa Coimbra ainda incluiu nos seus agradecimentos à Câmara e aos Amigos, “uma palavrinha especial” para o Presidente da Câmara. E vou parafrasear: Senhor Presidente, meu caro amigo Carlos, invista na área social porque as pessoas são muito mais importantes do que o dinheiro!
Longa vida com saúde, Drª Teresa Coimbra!

Foto: Pedro Agostinho Cruz

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL