Já é Natal?

Já se passaram dois mil e vinte anos desde o dia em que nasceu Aquele a que associamos o dia de Natal.
O meu dia de natal é o dia 14 de Março, um dia incompleto, já que nasci às 8:45 horas.
Na nossa civilização ocidental, a maioria das pessoas apenas comemora, e comemora apenas, o seu natal, o natal dos seus familiares e amigos e a grande data de Natal – 25 de Dezembro- assinalada no calendário gregoriano.
Depois…, passada a euforia da festa apagam-se as luzes, calam-se os cânticos, recolhem-se os enfeites, limpam-se as ruas e…, até para o próximo ano! – desejam alguns.
Por tudo isto, estas datas e a data gregoriana sabem-me sempre a pouco, a muito pouco…, deixam-me vazio. Resta-me a renovada esperança que um dia…, todos os futuros anos sejam preenchidos com mais e mais dias de Natal, até que todos os dias sejam verdadeiros dias de Natal no coração de todos os homens.
A partir dessa data nunca mais se desmontará a festa e todos serão gorduchos corações vestidos de vermelho a piscar luzes de verdadeira felicidade e amor. A partir de então…, todos os dias serão milhões de vezes natalícios e Natal será sempre, sempre, sempre todos os dias.
Até lá…, aqui ficam os meus votos de um feliz Natal.

Figueira da Foz, 24 de Dezembro de 2020.

* Este texto, foi escrito segundo os termos da ortografia anterior ao recente (des)Acordo Ortográfico.
“Copyright 2016 Walter Ramalhete. Todos os direitos reservados.”

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL