Tempos difíceis!

Vivemos tempos inimaginavelmente difíceis: nunca imaginei que um dia assistiria à execução da 3ª Sinfonia de Beethoven -«A Heróica»- com os seus executantes de máscara na cara, com excepção dos executantes dos instrumentos de sopro; nunca imaginei beijar o meu irmão com uma ligeira cotovelada; abraçar os meus amigos intensamente com os lábios profundos dos olhares imovelmente calados; conversar à distância brutalmente imposta pelos aparelhos ansiosamente colados aos ouvidos; saber de filhos que só podem visitar os pais separados pelo frio indiferente e translúcido do acrílico sem cor; não poder compartilhar o pão farto da alegria convivida à mesa grande por causa do medo do vírus que contagia a alegria simples de conviver; espreitar com as esquivas de um vulgar ladrão o declinar majestoso do rei sol; olhar o amor com medo de o poder condenar a uma morte prematura e dolorosa; passar a olhar com os olhos noutros olhos postos com a única certeza que esta foi apenas mais uma vez… Enfim! Nunca pensei sentir medo apenas por viver, apenas por estar vivo e por me sentir condenado a “(des)viver” enquanto ainda respiro. Mas…, mesmo assim…, grita a minha alma: - quero muito viver, quero muito que todos nós continuemos esperançadamente agarrados à vida, agarrados à esperança que voltarão novamente os dias da alegria da vida, outrora, verdadeiramente vivida!!!

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL