Projecto Quinta Ciência Viva do Sal mais perto da realidade

O projecto Quinta Ciência Viva do Sal articula uma rede de parceiros locais, regionais, nacionais e internacionais e inclui produtores locais, a Ciência Viva, a Universidade de Coimbra através do MARE, e VilVite Bergen Science Center da Noruega.
O mesmo pretende dar uma nova alma ao Núcleo Museológico do Sal (NMS), já se encontra no terreno há algum tempo e a decorrer dentro do previsto.
Segundo adianta a autarquia figueirense, o investimento, de 547.801,70€ (acrescido de IVA), está a ser realizado no âmbito de uma candidatura de financiamento assegurado pelo EEAGRANTS e tem como objectivo tornar o NMS um espaço inovador e estimulador do desenvolvimento socioeconómico, através da valorização do produto “sal” e da preservação do património natural e cultural.
A nova estrutura de suporte ao armazém do sal, que vem substituir o antigo armazém, o qual se encontrava fortemente atacado por elementos xilófagos (vulgo bicho da madeira) e com diversos elementos estruturais apodrecidos e foi demolido, já se encontra implantada no local.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL