PSD propõe criação de grupo de monitorização da crise na Figueira da Foz»

A Comissão Política de Secção do Partido Social Democrata da Figueira da Foz, na sequência do alerta feito pelo vereador Ricardo Silva na reunião de 20 de abril, enviou aos Partidos com assento na Assembleia Municipal uma proposta para criação de um grupo de monitorização local da crise causada pela pandemia do COVID-19.

“Todos já percebemos que os efeitos são preocupantes do ponto de vista clínico e devastadores no impacto sócio económico, tudo apontando para uma crise sem precedentes. A Figueira da Foz, infelizmente, não está imune e os efeitos da crise já são sentidos no aumento do desemprego, nas empresas, no sector social”, refere o PSD adiantando que “urge por isso juntar todos na busca do diagnóstico local, nas soluções e propostas para ajudar as famílias, empresas e instituições sociais a superarem da melhor forma essas adversidades”.

“Sem embargo das medidas que o Governo está a tomar, é importante que tenhamos a noção se as mesmas se enquadram nas nossas necessidades ou se precisamos de outras mais adequadas à Figueira da Foz, ninguém melhor que os figueirenses sabe o que é urgente neste momento de crise”.
Desta forma, o PSD local propõe que através de vídeo conferência os representantes dos grupos parlamentares constituam um grupo de monitorização da crise de forma a operacionalizar para um primeiro contacto entre todos e no seguimento encontrar as melhores soluções para dar continuidade a essa troca de informação, elenco de ideias e propostas.
A proposta sugere que se contactem juntas de freguesia, parceiros sociais, organizações de trabalhadores, ACIFF, Conselho Empresarial do Centro, Turismo do Centro Portugal, as maiores empresas empregadoras da Figueira da Foz (mesmo sem ter sede social no concelho), IPSS e cidadãos independentes que queiram colaborar com o seu saber.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL