Queimadas proibidas até 30 de setembro

No concelho da Figueira da Foz (por aprovação em reunião de Câmara), estão indeferidos pedidos de autorização de realização de queimadas, queimas de matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração, bem como pedidos de utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos em espaços rurais do concelho, durante o período crítico (até 30 de setembro) e sempre que o índice de risco de incêndio seja muito elevado ou máximo.
Foi também aprovada a emissão de autorização prévia favorável para o lançamento de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos apenas no areal.
A proposta teve em atenção diversos considerandos, nomeadamente a necessidade de garantir um procedimento único à escala intermunicipal – Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, o facto do concelho da Figueira da Foz ter muitas zonas identificadas como zonas de perigosidade elevada de incêndio e dos operacionais dos Bombeiros serem recorrentemente chamados para o combate a muitas ocorrências de incêndios rurais e operações.

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL