João Portugal: “Enquanto eu conduzir os destinos do Partido Socialista na Figueira da Foz, nunca este utilizará uma tragédia para fazer política”

Em comunicado, que transcrevemos na íntegra, o líder da Concelhia do PS – Figueira da Foz, João Portugal, explica o «silêncio» em relação ao naufrágio do «Olívia Ribau».

Sou Presidente da Concelhia do Partido Socialista da Figueira da Foz e tenho bem clara a noção do que isso representa, o sentido de responsabilidade e a notoriedade que qualquer intervenção minha tem na comunidade local, até pela sua divulgação nos órgãos de comunicação social local e regional.

Tenho também o privilégio de só ter comigo na equipa de liderança do Partido Socialista da Figueira da Foz pessoas de elevada educação, respeito e valores.

No passado dia 6 do corrente mês de Outubro a Figueira da Foz ficou de Luto. Ao final daquele dia negro para a nossa comunidade piscatória, mas também para todo o concelho e Portugal, o arrastão Olívia Ribau levava consigo cinco vidas.

Perante esta tragédia estive sempre em contacto com as entidades no terreno e sempre estive a par da evolução dos acontecimentos.

Tanto eu como elementos da minha equipa acompanhámos com dor esta tragédia.

Enquanto eu conduzir os destinos do Partido Socialista na Figueira da Foz, nunca este utilizará uma tragédia, e esta com perda de vidas, para fazer política ou como oportunidade para o meu nome aparecer nos jornais.

Assim, entendeu o Partido Socialista que a forma de demonstrar aos familiares enlutados a sua verdadeira consternação era o silêncio. Felizmente somos assim, gente com princípios e respeitadora, que entendemos até onde pode ir a política.

Outros entenderam fazer política, não respeitando o luto e a memória dos que nos deixaram mas que permanecerão para sempre presentes e recordados como Homens de Luta pela vida, pelos seus.

Deixo aqui uma profunda admiração pelo Agente da Policia Marítima Carlos Santos que, com a sua coragem e determinação, resgatou dois sobreviventes desta tragédia.

Igualmente Aos Bombeiros Municipais e Voluntários, às Equipas do INEM e a todos os demais envolvidos nas operações neste triste acidente, a minha gratidão.

Sei que para os familiares das vitimas não há palavras suficientes, não há palavras que os confortem mas expresso as minhas Muito Sentidas Condolências.

João Portugal
Presidente da Concelhia do PS – Figueira da Foz

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL