Assembleia de Freguesia de Buarcos e São Julião: PSD critica “regimento «controleiro”

Os membros eleitos pelo PSD na Assembleia de Freguesia de Buarcos e S. Julião, em comunicado, adiantam que travaram “uma «batalha» política com a geringonça local”, na sessão de 30 de abril e que, terminando às 3h00, “marcou-se por dois momentos que devem envergonhar o Partido Socialista, defensor da liberdade e dos valores do 25 de Abril”.
O documento refere que “o Partido Socialista e o Bloco de Esquerda preferiram manter um regimento «controleiro», rejeitando a proposta do PSD que visava um modelo simples e promotor da participação do público nas reuniões, mais facilitador e menos burocrático na apresentação de moções que, por exemplo, poderiam ajudar a melhorar a gestão da freguesia e consequentemente a vida dos nossos fregueses”.
O texto salienta “um segundo momento de elevada gravidade e que deixaria a nu a incompetência do executivo da Junta de Freguesia de Buarcos e São Julião, liderado pelo presidente da Junta José Esteves - no cargo há 10 anos - mas que dadas as circunstâncias e desenvolvimentos ocorridos na assembleia, o PSD optou por «poupar» a Junta de Freguesia a avultadas coimas e à consequente falta de verba para o ano 2018, que tornaria a gestão da freguesia dramática durante o presente ano, e com consequências directas para os fregueses”.
Adianta o comunicado que “ainda na sequência deste episódio, alguns membros da Junta de Freguesia e Assembleia de Freguesia eleitos pelo Partido Socialista viram-se forçados a pedir desculpas aos elementos eleitos pelo Partido Social Democrata, dado o tom crispado e alterado que marcou a última parte da reunião”.
Os membros eleitos pelo PSD presentes nesta reunião (António Carvalho, Bruno Menezes, Bruno Reis, Álvaro Tomás e Paula Cavaco) “demonstraram um alto sentido de responsabilidade cívica, colocando os interesses da freguesia à frente dos interesses partidários e da política a qualquer preço. Não queremos ganhar na secretaria, queremos ganhar nas urnas e através da confiança do povo, mas entretanto exigimos ao Partido Socialista e ao executivo da Junta de Freguesia, mais sentido democrático e maior rigor administrativo”.
Informam por último que os fregueses de Buarcos e S. Julião têm ao seu dispor uma página no Facebook onde poderão expor os seus assuntos e que pode ser consultada AQUI

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL