Visita ao Farol Velho – um potencial miradouro

O «Farol Velho»

O «Farol Velho»

Subindo a estrada do Cabo Mondego para a Serra da Boa Viagem, alguns metros após o miradouro, à direita, uma pequena estrada conduz ao «Farol Velho», estrutura construída sob a orientação do engenheiro hidrógrafo Francisco Maria Pereira da Silva, que viria a ser director nacional dos Faróis.
O espaço, praticamente ao abandono e sendo ainda desconhecido de muitos dos figueirenses – caso recebesse alguma intervenção na envolvência - poderia ser um miradouro perfeitamente visitável.
Escadas em caracol, no interior, permitem alcançar o topo do velho farol e do cimo ter uma vista privilegiada sobre o Atlântico.
Quem o visita e pretenda saber um pouco mais deste marco histórico, tem apenas uma referência numa das paredes, logo à entrada. Tratam-se de “notas históricas colocadas pelos praticantes e amigos da Escola de Meditação”, em 7 de julho de 2014.

História
“Constam os relatos que o dia 1 de Agosto de 1865 iluminou os mares do Cabo Mondego, e que o Farol do Cabo Mondego só viria a apagar-se em 1922, quando entrou em funcionamento o actual farol.
Como curiosidade, passamos a transcrever um artigo escrito no Almanach da Praia da Figueira, em 1878:
«O pharol do Cabo Mondego, que está situado na extrmidade SO da Serra de Buarcos, a 3 milhas ao NNO da barra d′esta vila, principiou a funccionar de 2ª ordem, do systema Fresnel, com candieiro de Carcel, de luz fixa e branca. A sua luz alcança a 20 milhas, em boas condições atmosphericas, e tem o foco elevado a 79 metros sobre o nível medio do oceano. A altura do foco luminoso sobre a base do edifício é de 44,55 metros. A lanterna é composta de um corpo de 7,65 metros com 6 faces de 1,98 de largo, tendo no vértice da cupula, que é de metal, uma chaminé resguardada por um capacete espherico, do centro do qual sae a haste do para-raios.....
Este farol funciounou durante 65 anos até ser substituído pelo actual, dotado de modernos aperfeiçoamentos e situado mais a Norte, o qual se acendeu pela primeira vez em 20 de Novembro de 1922».

(Jorge Lemos)

COMENTÁRIOS

ou registe-se gratuitamente para comentar.
Critérios de publicação
Caracteres restantes: 500

mais

QUEM SOMOS

O «Figueira Na Hora» é um órgão de comunicação social devidamente registado na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social). Encontra-se em pleno funcionamento desde abril de 2013, tendo como ponto fulcral da sua actividade as plataformas digitais e redes sociais na Internet.

CONTACTOS

967 249 166 (redacção)

geral@figueiranahora.com

design by ID PORTUGAL